Navegação
  •  

Sinfônica da UFRN faz “Segundo Concerto Oficial” com a novidade de duas sessões neste sábado

A Orquestra Sinfônica da UFRN sobe ao palco neste sábado pela primeira vez em duas sessões. O “Segundo Concerto Oficial” da Temporada 2017 é neste sábado, dia 20, às 18h e 20h. A novidade atende à grande demanda de público que aumentou nos últimos dois anos.

O maestro André Muniz explica que a Sinfônica da UFRN vem se firmando como um dos principais conjuntos orquestrais do Nordeste. “Devido a este trabalho intenso de busca pela excelência, a Sinfônica da UFRN hoje é um patrimônio musical do Rio Grande do Norte. Nosso público vem aumentando de forma expressiva, mas nossa sala de concerto é a mesma de quando começamos. Por isso, tivemos que realizar no primeiro concerto do ano duas sessões em cima da hora. Agora o concerto passa a ser oficialmente em duas sessões planejadas por nossa equipe de produção”, afirma.

Além da novidade de duas sessões, o público terá a comodidade de retirar os ingressos antecipadamente. A distribuição começa dia 18, às 08h, na “Coordenação de Eventos” da Escola de Música da UFRN. Cada pessoa pode receber até duas senhas. 

O segundo concerto traz duas obras de alto nível orquestral.   “Os Sinos de Zlonice” do compositor Tcheco Antonín Dvorák e a obra “O Pássaro de Fogo” de Igor Stravinsky. O “Pássaro de Fogo” é de 1910 e inspira-se numa lenda russa adaptada para o balé por Michel Fokine (1880 – 1942). O enredo da lenda conta a história de Ivan, o herói que durante um passeio noturno num bosque pertencente ao reino mágico de Katschei, “O Imortal”, e que encontra o pássaro de fogo, criatura de grande poderio mágico.

A Orquestra

É constituída por alunos dos cursos técnico, graduação e de pós-graduação da Escola de Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Está sob a direção do maestro André Muniz .  A Orquestra Sinfônica da UFRN começa as atividades no ano de 2009 e vem firmando-se com um dos principais ensembles orquestrais do Nordeste e uma das mais atuantes do Rio Grande do Norte. O grupo recebeu importantes premiações, como o "Prêmio Hangar" de melhor espetáculo do ano de 2011 e também o "Troféu Cultura" de "Melhor Show do ano" de 2012. Teve participações em renomados festivais de música do Brasil: Mostra de Música Internacional de Olinda (MIMO) e SESC-SP em parceria sinfônica com a Orquestra de Heliópolis. A OSUFRN recebeu mais de 18 solistas de vários lugares do mundo, entre eles: Martin Ostertag (violoncelo), Italo Balbini (violoncelo), Fany Solter (piano)e Stefano Algieri (tenor). Foi a primeira orquestra universitária do país a fazer turnê pela Europa (2015). Hoje é grupo permanente da UFRN.

 

Serviço

“Temporada 2017 da OSUFRN”

Data: 20 de maio, sábado.

Horário: 18h e 20h

Local: Escola de Música da UFRN

Entrada: Gratuita. Retirada a partir do dia 18/05, às 08h, “Coordenação de Eventos” da Escola de Música da UFRN

Palestra Pré-Concerto: 17h e 19h, Auditório Onofre Lopes.