Semana do Piano na Escola de Música da UFRN apresenta pianistas internacionais

A Escola de Música da UFRN promove a Semana do Piano 2018, evento que acontecerá entre 14 e 19 de maio. Organizada pelo Prof. Durval Cesetti, a Semana do Piano 2018 é resultado de uma cooperação entre a UFRN, a University of Colorado-Boulder (EUA) e a Universidade de Chile, contando com a participação do pianista americano David Korevaar e do Dúo Mistral, formado pelas pianistas Paulina Zamora e Karina Glasinovic. Como parte da programação do evento, o público poderá assistir a 4 concertos, 2 masterclasses e 1 palestra, todos com entrada franca.

PROGRAMAÇÃO

14/05 - 14h - Sala 4 da Escola de Música

Masterclass: Paulina Zamora

14/05 - 19h30 - Auditório Onofre Lopes

Recital: David Korevaar

15/05 - 9h - Sala 4 da Escola de Música

Masterclass: David Korevaar

15/05 - 19h30 - Auditório Onofre Lopes

Recital: Dúo Mistral

16/05 - 14h - Mini-Auditório Oriano de Almeida

Palestra: Karina Glasinovic

18/05 - 19h - Auditório Onofre Lopes

Recital de alunos e professores da EMUFRN

(em parceria com o "VII International Meeting on Skepticism", organizado pelo Departamento de Filosofia da UFRN)

19/05 - 18h e 20h - Auditório Onofre Lopes

Concerto da Orquestra Sinfônica da UFRN, regida por Roberto Ramos (Venezuela), com David Korevaar (piano) e Flávio Gabriel (trompete)

BIOGRAFIAS

O pianista David Korevaar mantém uma vasta agenda de concertos, além de ser professor de piano “Peter and Helen Weil” na Universidade do Colorado em Boulder (EUA). Em 2016, foi honrado com o título de “Distinguished Research Lecturer” na mesma instituição. Desde seu “début” na Town Hall de Nova Iorque (1985), Korevaar apresenta-se como recitalista, camerista e solista, e mais recentemente expandindo-se ao mundo do teatro e dança. Apresenta-se frequentemente nos EUA, principalmente no Colorado, seu estado de residência. Na Europa,  já se apresentou em cidades como Riga (Letônia) e Heidelberg (Alemanha), além de salas como Wigmore Hall em Londres. No Japão, apresenta-se e ministra masterclasses regularmente. Na Ásia Central, foi attaché cultural patrocinado pelo Departamento de Estado dos EUA. Em maio de 2016, ministrou aulas durante duas semanas no Instituto Nacional de Música em Cabul (Afeganistão).  

A pianista chilena-americana Paulina Zamora, natural da cidade de Antofagasta, é doutora pela Indiana University, mestre pela Eastman School of Music e bacharel pela Universidad de Chile, na qual é atualmente Professora de Piano. Seus principais professores incluem Rebecca Penneys, György Sebök e Janos Starker. Apresenta-se com frequência por todas as Américas, pela Europa, Oriente Médio e Ásia. Como camerista, tem se apresentado com o violoncelista Janos Starker, violinista Corey Cerovsek, violista Atar Arad, pianistas Rebecca Penneys e Karina Glasinovic, tenor Alan Bennett, flautista Jacques Zoon, entre outros. Paulina Zamora ensinou previamente no Conservatório de Valencia (Espanha), na Universidade EAFIT de Medelín (Colombia) e no Instituto Profesional Escuela Moderna de Música (Chile). Entre 2001 e 2005, foi membro do Felici Piano Trio, em residência em Mammoth Lakes (California), programa financiado pela organização Chamber Music Unbound. Recitais e masterclasses recentes levaram-na ao Conservatorio Nacional de Lima (Peru), à Universidad de Antioquia (Colômbia), à University of Malaysia (Kuala Lumpur, Malásia) e, nos Estados Unidos, ao Boston Conservatory, Carleton Collegge (Minnesota), University of Wisconsin, University of Arizona e Idaho State University.

A pianista e compositora Karina Glasinovic tem se estabelecido como uma musicista de interesses variados. Recebeu o mais alto prêmio da Universidad de Chile já outorgado a um pianista, o Prêmio Altazor, assim o prêmio da Academia de Bellas Artes do Chile e os prêmios José Luis de Victoria e Miguel Ruiz Morales (Espanha), para citar alguns. Compartilhou o palco com inúmeros cantores em concertos no Chile, Argentina, Brasil, EUA, República Checa e Itália. Sempre interessou-se pela música contemporânea e já realizou a estreia de mais de 50 composições novas. Realizou tournês na Europa com o Ensemble Bartok e tem organizado masterclasses e festivais em diversos países. Concluiu seu Mestrado pelo Mannes College of Music (Nova Iorque) e obteve bolsas de estudo do "Schola Cantorum" e "Summer Piano Composition and Piano Program" em Paris. Entre suas composições, encontram-se inúmeras canções com poemas de Gabriela Mistral e Pablo Neruda, dois chilenos ganhadores do Prêmio Nobel de Literatura.