CIART

O Curso de Iniciação Artística – CIART – existe desde 1962, voltado para a formação artísitca inicial de seus integrantes. Tendo passado desde então por vários coordenadores, o CIART já teve em seu currículo a iniciação nas diversas linguagens artísticas como música, teatro, artes plásticas e literatura. Hoje, porém ele trabalha mais especificamente voltado para a formação musical das crianças, tendo as linguagens como meio de enriquecer a experiência musical. Com 3 anos de duração, tem a proposta de preparar a criança para que adquira uma consciência artística, favorecendo o desenvolvimento do gosto estético e o senso musical através de diversas atividades, proporcionando uma vivência multilateral da arte além de trabalhar aspectos como a independência, criatividade, coletividade e concentração

Curso de Iniciação Artística – CIART

Público alvo: crianças a partir dos 6 anos de idade

Forma de ingresso: através de sorteio regido por edital lançado no início de cada ano.

Estrutura curricular e cronograma:

Duração: 3 anos

Turnos: Matutino (08:00 às 11:00) e Vespertino (14:00 às 17:00)

1º ANO

Carga Horária: 4 horas semanais (manhã ou tarde), terça-feira

Disciplinas:

  • Apreciação Musical
  • Bandinha Rítmica
  • Canto e Movimento
  • Educação Sonora

2º ANO

Carga Horária: 4 horas semanais (manhã ou tarde), quarta-feira

Disciplinas:

  • Elementos de Música I
  • Flauta Doce I
  • Prática Coral I
  • Prática de Conjunto

3º ANO

Carga Horária: 4 horas semanais (manhã ou tarde), quinta-feira

Disciplinas:

  • Elementos de Música II
  • Flauta Doce II
  • Prática Coral II
  • Oficina de Criação Musical
 

Sobre as disciplinas:

EDUCAÇÃO SONORA: Vivência dos conceitos de altura, intensidade, duração e timbre, incorporando o movimento como forma de representação corporal e compreensão musical, priorizando aspectos da execução, apreciação e composição de forma lúdica.

CANTO E MOVIMENTO: Vivência do canto e do movimento, da expressão corporal e vocal através de atividades que priorizem o desenvolvimento de habilidades do corpo: do movimento, da expressão e da musicalidade. Incorporar o movimento como uma outra forma de sua expressão total, funcional, expressiva, musical e criadora. Adquirir bons hábitos posturais e de respiração, percepção auditiva e afinação, precisão rítmica e boa colocação vocal e dicção.

APRECIAÇÃO MUSICAL: Vivência dos conceitos de forma, fraseado, melodia, harmonia, textura e ritmo associados à compreensão da obra artística como um todo através da apreciação musical de diferentes épocas, estilos e lugares, da execução e criação musicais a partir de uma perspectiva ativa de escuta.

BANDINHA RÍTMICA: Desenvolvimento das capacidades motoras/cognitivas, a partir da prática musical com materiais sonoros diversos e instrumentos percussivos, especialmente os de bandinha rítmica; em vivências de execução, criação e contextualização musicais. O estudo da organologia instrumental e das possibilidades técnicas de execução dos instrumentos de percussão tradicionais ou não tradicionais.

PRÁTICA DE CONJUNTO: Desenvolvimento das capacidades motoras/cognitivas, a partir da Prática de Conjunto; em vivências de execução, criação e contextualização musicais. O estudo da organologia instrumental e da técnica de execução dos instrumentos de percussão e de barras.

FLAUTA DOCE I: Sensibilização da prática instrumental melódica e harmônica através da flauta doce, partindo da vivência coletiva, da contextualização do instrumento e sua função social, dos processos de criação e execução. O estudo da técnica instrumental a partir de vivências para a consciência do aparelho respiratório e fonador, dos movimentos corporais e das dinâmicas dos sons produzidos.

ELEMENTOS DE MÚSICA I: Introdução à leitura e escrita musical; Desenvolvimento do conhecimento das diversas maneiras de representar graficamente a linguagem musical; Apreciação musical; Conhecimento dos diversos instrumentos musicais.

PRÁTICA CORAL I e II: Desenvolver pela prática do canto coral a musicalidade, bons hábitos posturais e de respiração, percepção auditiva e afinação, precisão rítmica e boa colocação vocal e dicção, através de um repertório adequado e variado, podendo ser também de acordo com a realidade cultural do momento. Desenvolver ainda a criatividade do aluno e o senso crítico acatando suas sugestões ou adaptando-as se for o caso.

OFICINA DE CRIAÇÃO MUSICAL: Criação musical (composição e improvisação) a partir de saberes já construídos e explorados tanto no que se refere à elementos formais da música (ostinatos, melodias, forma musical etc), quanto às possibilidades de formação instrumental (percussão corporal, prática vocal e instrumental); A exploração criativa utilizando diversos materiais sonoros e instrumentos musicais; A criação de estruturas de forma: rondós, cânones, diálogos rítmicos; O estudo da notação musical na organização de registros.

FLAUTA DOCE II: Prática instrumental melódica e harmônica através da flauta doce, partindo da vivência coletiva, da contextualização do instrumento e sua função social, dos processos de criação e execução. O estudo da técnica instrumental a partir de vivências para a consciência do aparelho respiratório e fonador, dos movimentos corporais e das dinâmicas dos sons produzidos.

ELEMENTOS DE MÚSICA II: Leitura e escrita musical; Desenvolvimento do conhecimento das diversas maneiras de representar graficamente a linguagem musical; Apreciação musical; Conhecimento das diversas construções musicais ao longo dos séculos (da música antiga à música contemporânea).

Professor Responsável: Profº Carolina Chaves Gomes

Informações: 3342-2229 RAMAL 117 (terça a quinta, das 8h às 11h e das 14h às 17h)
Facebook: CIART
Instagram: @ciart.emufrn