Sexteto Potiguar

O Sexteto Potiguar foi fundado em 2002 por professores da Escola de Música da UFRN e músicos da Orquestra Sinfônica do Estado: Ranilson de Farias, João Maria Simplício, André Rodrigues de Lima da Cunha, Gilvando da Silva, Gilvan da Silva e Germanna Cunha.

Apresentações são caracterizadas por ritmos como: Frevo, Maracatu, Maxixe, Caboclinho, etc. A música europeia também tem espaço reservado no repertório do grupo. Bach, Mozart, Beethoven são compositores indispensáveis para comprovar a variedade interpretativa do grupo.

Um objetivo que tem sido perseguido veementemente pelo Sexteto Potiguar é a busca pela identidade pedagógica do grupo através dos Master Classes ministrados durante os concertos.

O Sexteto Potiguar aposta também na criação de novas músicas, compostas tanto por compositores de reconhecido prestígio quanto por jovens que vem se destacando na arte da composição.

 

Ficha Técnica:

Ranilson Bezerra de Farias – Trompete

João Maria Simplício – Trompete

André Rodrigues de Lima da Cunha – Trompa

Gilvando Pereira da Silva – Trombone

Gilvan Pereira da Silva – Tuba

Germanna França da Cunha – Percussão