RECITAL COM O VIOLONCELISTA ALEMÃO ALEXANDER HULSHOFF

A Escola de Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (EMUFRN) recebe neste sábado (30), mais uma atração internacional, o violoncelista alemão Alexander Hülshoff. O recital será acompanhado pelo pianista Durval Cessetti e vai contemplar obras de Schumann, Bach e Gaspar Cassado. A apresentação  acontece às 18h no Auditório Onofre Lopes, entrada gratuita.

Em sua passagem pela Escola de Música, Alexander Hulshoff, ministrará masterclass de violoncelos, nesta quinta-feira (28) e sexta-feira (29). Já no sábado, o músico vai visitar a ONG Atitude e Cooperação,  onde pretende oferecer uma aula gratuita aos alunos da instituição.

Tido com um dos violoncelistas mais influente do mundo, Alexander foi solista convidado em várias orquestras internacionais, como German Radio Philharmonic, German State Philharmonic, a Filarmônica Checa de Brno, a Nova Filarmônica da Westphalia, a Orquestra Sinfônica de Córdoba e a Orquestra Sinfônica de Salta. Atualmente é diretor artístico do Festival de Música de Câmara Kamp Kloster (Alemanha).

O pinista Durval Cesetti é descrito como “um pianista de rara musicalidade” pelo crítico Claude Gingras (La Presse, Montreal). Durval completou o seu doutorado na McGill University, instituição na qual também realizou o seu mestrado, com nomes representativos do piano erudito; Kyoko Hashimoto, Tom Plaunt, Richard Raymond, Louis-Philippe Pelletier e Eugene Plawutsky. Durval Cesetti ensinou piano na McGill University e na University of Windsor, além de ter trabalhado como pianista colaborador na University of Western Ontario.  Atualmente ele é professor na Escola de Música da UFRN.

PALESTRA COM PIANISTA MEXICANO

Nesta quarta-feira, dia (27), às 9h, o pianista mexicano Jésus Figueroa apresentará uma palestra sobre a interpretação da obra de Frédéric Chopin no Auditório Oriano de Almeida, com entrada franca.

Pianista com distinta carreira internacional, Jésus Figueroa é professor da Escuela Nacional de Música da UNAM (Universidad Nacional Autónoma de México). O prof. Figueroa está em Natal a convite da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte, com quem interpretará o Concerto no. 1 de Grieg na quinta-feira às 8pm, no Teatro Alberto Maranhão.

RECITAL DE CANTO NADJA PAIVA

A Escola de Música da UFRN (EMUFRN), apresenta Recital com aluna Nadja Paiva,concluinte do Curso Técnico  na classe de Canto da professora Nazaré Rocha. Nadja vai interpretar obras de Tom Jobim, Chico Buarque, Nelson Ayres, Baden Powell, Vinicius de Moraes, Djavan e Milton Nascimento, além de clássicos do Jazz Americano . O evento conta com a participação do Compositor e Violonista Alexandre Atmarama e do Saxofonista Emerson Carpegiane. O Recital acontece dia 12 de setembro, no Auditório Onofre Lopes, às 20h, entrada gratuita.

Com a coordenação da professora Nazaré Rocha e a direção de Maria Clara, o recital será acompanhado por um trio clássico do Jazz formado pelo piano da professora Maria Clara Gonzaga, o contrabaixo acústico  e no elétrico do professor Airton Guimarães e e pela bateria do mestrando em Música Fernando Menino. O evento marca a passagem do canto popular, com caráter extensionista, para modalidade do técnico em música.

BIG BAND JOVEM FAZ APRESENTAÇÃO NO PARQUE DAS DUNAS

A  Big Band Jovem da Escola de Música da UFRN (EMUFRN), será a próxima atração do Projeto Som  da Mata que acontece no Parque das Dunas. Criada pelos professores Ranilson Bezerra de Farias e Germanna França da Cunha,a Big Band Joven, tem  como obejetivo complementar o estudo técnico instrumental e teórico dos participantes. A apresentação ocorre às 16h00, no Anfiteatro Pau-brasil do Parque das Dunas.

Além de explorar o repertório internacional escrito especificamente para essa formação como Glenn Miller e Duke Elington, dois dos maiores gênios do estilo “Swing”,  a Big Band Jovem vai executar também um repertório musical brasileiro em seus mais diversos gêneros e ritmos, como: Maestro Duda, Adail Fernandes, K Ximbinho, Marcelo Vilor, Maestro Chiquito e Djavan.

“CHÃO DOS SABERES” ACONTECE NESTA SEXTA-FEIRA

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) realiza, nesta sexta-feira, dia 22 de agosto, o “Chão de Saberes”, evento artístico que procura celebrar e interagir com mestres populares e seus saberes da tradição.

As atrações acontecem em diversos espaços da UFRN ao mesmo tempo. Às 8h30 no pátio da Reitoria; às 10h no Setor I, Setor II e Centro de Biociências; às 11h no pátio da Reitoria e no Centro de Convivência; ao meio dia no Restaurante Universitário; às 14h no Departamento de Artes e às 16h30 novamente no Centro de Convivência, onde acontece o encerramento do evento.

A programação conta com oficinas, encontros com mestres acadêmicos e poetas populares, apresentações dos grupos Coco de Zambê, Orquestrim Felipe Camarão, Batuque Resistência da Vila e Araruna Rocas.

Mais informações no seguinte endereço: http://nac.ufrn.br/nac/?p=4311.

CONCERTO DA ORQUESTRA DE CÂMARA DA UFRN

A Orquestra de Câmara da UFRN sobe aos palcos do Auditório Onofre Lopes, na Escola de Música da UFRN (EMUFRN), para mais um concerto. A apresentação conta com a participação especial do Canto Coral Madrigal da UFRN, que junto com os solistas  Alzeny Nelo (soprano), Rudson Ricelli (trompete) e Guilherme Rodrigues (piano), vão reiterpretar obras de Haydn e Mozart. O concerto acontece às 20h, entrada gratuita.

Originado com grupo de extensão da UFRN, a Orquestra de Câmara objetiva apresentar as mais diversas formações orquestrais e toda a diversidade de repertório sinfônico que remota do período Barroco aos dias atuais. O projeto, que é coordenado pelos professores Leandro Gazineo (Maestro) e Ronedilk Dantas (Spalla), tem funcionado como um grande laboratório performático para os cursos de bacharelado em música.

O grupo também participa de formações Sinfônico-Coral, sendo um parceiro atuante do Madrigal da UFRN, também dirigido pelo Maestro Leandro Gazineo. Há 45 anos o Madrigal da Escola de Música da UFRN vem desenvolvendo uma atividade que possibilitou a ampla circulação de música em todo o Estado do Rio Grande. Este esforço do grupo em garantir um laboratório de alta performance para cantores, regentes e compositores colocou o Madrigal numa situação destacada de importância para o meio musical de nossa cidade, tanto que grande parte dos regentes profissionais atuantes participaram em algum momento do Madrigal e construíram sua formação ao longo desse percurso


VIBRAFONISTA TED PILTZECKER APRESENTA RECITAL SÉRIE DE CONCERTOS PERCUSSIVOS

Acontece na EMUFRN o  Recital Série Concertos Percussivos 2014  com o   vibrafonista Ted Piltzecker, dos Estados Unidos. A apresentação acontece na sexta-feira (22), a partir das 20h no Auditório Onofre Lopes.

Ted Pitzecker é graduado pelas Escolas de Música de Manhattan e Eastman, nos Estados Unidos.  Ministra aulas na  da Universidade Estadual de Nova Iorque, no qual é professor associado de composição de música no Purchase Conservatory of Music. Pitzecke realiza apresentações em festivais de jazz e percurssão, e em clubes dos Estados Unidos, Alemanhã, Ástria, Inglaterra, Brasil, Autrália, Holanda, Peru  e diversos outros países. Seu variado gosto musical já rendeu turnês com Ensemble Kenny Endo Taiko e a Nitty Gritty Dirt Band’s John McEuen; apresentações na Catedral de “St. John the Divine”, em Nova Iorque, com a organista Dorothy Papadakos; concertos de música de câmara com o violoncelista Yehuda Hanani, o violinista Ruben Gonzales, o bandoneonista Hector Del Curto, e o instrumentista de gadulka (violino Búlgaro) Nikolay Kolev.

Durante a carreira, Ted Pitzecker, recebeu vários prêmios pelas composições que desenvolvou, tais como:National Endowment for the Arts, pelo New York State Council on the Arts, o New Jersey State Council on the Arts, o Lincoln Center Institute e a Fundação ASCAP. Suas obras tem sido divulgadas pela Rádio Pública Nacional (“Performance Today”) e pela Canadian Broadcasting Company’s “Arts National”, e apresentado pela Philadelphia Orchestra Chamber Ensemble no Kimmel Center for the Performing Arts.

https://www.youtube.com/watch?v=WILwGeCAhDg

 

RECITAL DO VIOLONISTA THIERRY BÉGIN-LAMONTAGNE

O canadense Thierry Bégin-Lamontagne estará na EMUFRN nesta quarta-feira (20), apresentando recital de violão. Obras de Bach, Albeniz, Tarrega, Paganini, Villa-Lobos , Tom Jobim ,  entre outros, farão parte do programa  do recital. A exibição acontece às 19h30 no Auditório Onofre Lopes,  a entrada é gratuita.

Thierry Bégin-Lamontagne já foi premiado em inúmeros concursos internacionais: em 2004, ganhou o primeiro prêmio no Concurso de Guitarra Drummondville e nos anos seguintes foi premiado nos concursos de Sorel-Tracy e “Jovens Artistas” da Rádio Canadá. Em 2007, obteve o primeiro lugar no Concurso del Gran Premio de Guitarra e no Festival-Concurso de Música de Sherbrook, este último um concurso multi-instrumental, no qual concorreu nas categorias Recital e Concerto. Com  isso, garantiu a participação na final do Festival Nacional de Música, que também ganhou.  No ano de 2009, obteve o segundo lugar no Concurso de Robert J. Vidal, e em 2011, foi vencedor no Concurso Internacional Juan Arcas. Também neste ano, foi o 2º  colocado no Concurso Ciudad de Coria.  Já em 2013, venceu o Concurso Internacional de Guitarra José Tomas – Villa de Petrer/Espanha. Sua turnê pelo Brasil faz parte da premiação deste concurso.

SENHAS PARA O ÚLTIMO CONCERTO DA IV MOSTRA DE VIOLONCELOS

As senhas para o último concerto da IV Mostra de Violoncelos de Natal, promovida pela EMUFRN, estarão sendo distribuídas a partir das 19h, desta sexta-feira (15).

O concerto acontece às 20h no Auditório Onofre Lopes e conta com as apresentações  dos  violoncelistas Henrik Brendstrup, da Royal Academy of Music-Aarhus, e Ole Akahoshi, da Yale University, acompanhados pelo grupo UFRN Cellos.

BIG BAND ALEMÃ E GRUPO JAZZ ORQUESTRA FAZEM APRESENTAÇÃO NA EMUFRN

O grupo Jazz Orquestra da Universidade de Regensburg  e a  Big Band Jerimum Jazz farão  apresentação na Escola de Música da UFRN. A  exibição acontece sexta-feira (29), às 19h, no Auditório Onofre Lopes. Entrada gratuita.

SOBRE O MAESTRO DO GRUPO

Vitae Christian Sommerer começou tocar trombone com 10 anos de idade. De 1994 a 1999 foi selecionado para participar como trombonista baixo no Juvenil Jazz Orquestra do estado de Baviera. De 1997 a 2000 ganhou quatro vezes a selecão para participar no Juvenil Jazz Orquestra. Com 20 anos fundou o Sumit Jazz Orchester que logo ganhou fama muito além das fronteiras da cidade fundadora Regensburg.

Christian estudou jazz e música popular na Universidade de Música e Artes Cênicas em Estugarda e no Conservatório Hermann Zilcher de Würzburg e estudou em Colonia e Amsterdam com Bart van Lier, Erik van Lier, Adrian Mears, Marc Godfroid, Karsten Gorzel.Em 2008 fundou o Jazz Orchestra de Regensburg – Volvo Big Band reunindo estrelas de Jazz do nivel Europeu e em 2010 fundou a Big Band Convention Baviera leste, em que músicos de toda a região podem mostrar o seu talento de Jazz em formação de Big Band.

Também atuou como trombonista baixo na Rythm and Blues Conection (RC&B) de Pedro Herbolzheimer, na Orquestra Summit Jazz, na Sunday Night Orquestra, na Big Band de Al Porcino, na Big Band de Dusko Gojkovic, na Big Band Explosion Bobby Burgess, na Orquestra de Jazz Harald Rüschenbaum, na Big Band de Thilo Lobo e na Orquestra de Jazz.

Ele tocou nos seguintes festivais de Jazz: Jazz em Montreux, Ascona, Berlim, Monterey e North Sea Jazz Festival. De 2000 a 2011 trabalhou como diretor e gerente da Orquestra de nova arte de Bob Brookmeyer, que foi nomeado para um Grammy por suas produções de CD em 2004, 2006 e 2011. Também foi gerente de Clark Terry e Bobby Shew.

Desde 2009 Christian Sommerer é o primeiro diretor jazz em tempo integral de uma Universidade alemã e diretor de vários formações de jazz na Universidade Federal de Regensburg entre eles o Jazz Orquestra da Universidade Regensburg (UJO) que ganhou 2013 o primeiro premio da categoria seleção do público no festival de Jazz em Ascona Suiça