Navegação
  •  

Tenor Stefano Algieri realiza recital na Escola de Música

O tenor americano Stefano Algieri, professor da McGill University (Canadá) e um dos mais renomados cantores de ópera de sua geração, realizará recital com o pianista Durval Cesetti nesta sexta-feira, dia 26 de maio, às 20h, no Auditório Onofre Lopes da Escola de Música da UFRN, com entrada franca.
 
Esta é a terceira visita do tenor Stefano Algieri a Natal. Seus últimos concertos na UFRN, todos com casa lotada, proporcionaram momentos inesquecíveis para quem compareceu ao  Auditório Onofre Lopes. Alguns vídeos destes concertos estão disponíveis no YouTube, nos seguintes endereços: goo.gl/vtW7Hcgoo.gl/OBYQQj
 
Além do concerto, o Prof. Algieri oferecerá masterclasses aos alunos de canto da UFRN, abertos ao público  em geral, no Mini-Auditório Oriano de Almeida, na terça-feira, dia 23 de maio, das 9h às 12h, e na quarta-feira, dia 24 de maio, das 13h às 16h, além de realizar atividades com as crianças do Coral Infantil da UFRN.
 
BIOGRAFIAS
 
Desde sua estreia operística em 1977, o tenor Stefano Algieri já cantou os papeis principais nas mais prestigiosas casas de ópera da América do Norte e da Europa, como o Metropolitan Opera, New York CIty Opera Company, Deutsche Oper Berlin, Staatsoper Wien, L'Opéra Bastille (Paris), Gran Teatre del Liceu (Barcelona), National Theatre (Praga), Oper der Stadt Bonn, Oper Leipzig e Opéra de Lyon, entre outros. Em um repertório que se estende do tenor lírico ao dramático, Stefano Algieri canta em francês, italiano, alemão, inglês, russo, checo, sueco e búlgaro. Começou sua carreira cantando todos os mais importantes papéis do repertório “spinto” dramático, como Radamés, Gustav, Manrico, Don Carlo, Andrea Chénier, Don José, Pollione, Des Grieux, Calaf, Canio e Turridu. Posteriormente, o Sr. Algieri foi para o repertório “helden” dramático de Tristan, Otello, Siegmund, Bacchus, Johann von Leyden, Lohengrin e Sansão, revelando-se assim como um dos principais e mais completos tenores de sua geração. Desde 2003, Stefano Algieri passou a dedicar-se ao ensino, como professor da McGill University e oferecendo masterclasses em universidades e conservatórios em inúmerosa países.
 
"Um pianista de rara musicalidade" (La Presse, Montreal), o brasiliense Durval Cesetti completou seu doutorado na McGill University. Concertos recentes incluem recitais no Carnegie Hall (Nova Iorque), National Centre for the Performing Arts (Pequim), Fundação Oscar Americano (São Paulo) e Pollack Hall (Montreal). Como solista, apresentou-se sob a direção dos maestros André Muniz, Elena Herrera, Kirk Trevor, Juan Paulo Gómez, Jean-Michaël Lavoie e Linus Lerner. Recebeu em 2016 o título de Professor Visitante Honorário do Conservatório de Música de Tianjin (China).